A Ilha de São Jorge, também conhecida por Ilha Castanha, faz parte do grupo central. É mundialmente famosa pelo saboroso Queijo de São Jorge, produzido na ilha. A par disto, é muito popular pelas várias fajãs lávicas espalhadas um pouco por toda a ilha.

Sendo assim, os pontos de visita a não perder são certamente a Fajã da Caldeira de Santo Cristo. Reserva Natural e Área Ecológica Protegida, é um lugar bastante remoto. Aqui desenvolvem-se bivalves que fazem parte da gastronomia local. É o único lugar no arquipélago onde crescem. Não deixe de conhecer a Fajã dos Vimes e a Fajã de São João. Estes são lugares pitorescos e encantadores.

O Miradouro a não perder é o Miradouro das Velas. Daqui é possível avistar para da Vila das Velas e ainda as ilhas do Pico e do Faial, que constituem o chamado grupo das Ilhas do Triângulo. A vista panorâmica deste spot é verdadeiramente especial.

 

 

Se é fã de altitudes, conheça o ponto mais alto da ilha – o Pico da Esperança. Aqui consegue avistar as restantes ilhas do grupo central.

A Ilha de São Jorge é o único lugar nos Açores onde existem amêijoas. Estas nascem e são criadas exclusivamente na Reserva Natural e Área Ecológica Especial da Caldeira de Santo Cristo. Possuem características de dimensões, sabor e textura singulares.

O microclima da ilha é propício à plantação de cafezeiros, mais propriamente, na Fajã dos Vimes. Este de sabor e aroma bastante único e intenso.

Em termos de doces, são tradicionais o bolo de coalhada, as rosquilhas e os coscorões.